terça-feira, 29 de maio de 2007

O rei regressa: Cumpre-se a promessa!

A paixão pelo Vitória é grande! Como não podia deixar de ser, entre os 'atletas do parque', também existem muitos adeptos do clube. Nos momentos em que a subida à 1ª. Liga parecia ser uma miragem e em que poucos acreditavam, alguns crentes mais fervorosos lançaram a ideia de que se o regresso à divisão maior se concretizasse, rumariam do parque das Taipas ao Sameiro - mas a correr!

Gostamos de correr só pelo prazer, mas achamos que uma prova que tivesse três ou quatro atletas, não teria grande piada. Do mesmo modo, pensamos que um campeonato de futebol disputado só por três ou quatro equipas, não teria graça nenhuma. Foi com este espírito que convidamos, todos aqueles que, mesmo não sendo simpatizantes do Vitória e que gostassem de correr, se juntassem a nós numa demonstração do "fair-play" que caracteriza os 'atletas do parque'.

Assim, este domingo pela manhã, apesar do dia estar cinzento e da chuva miudinha não parar de cair, compareceram no parque para a 'peregrinação' vinte atletas. A larga maioria eram vitorianos, mas convém registar a presença de alguns simpatizantes de outros clubes, numa clara alusão que a mensagem passou, ajudando a 'honrar a palavra' e a cumprir a promessa!

Metemos então os pés à estrada, para cumprir os 12 km que ligam as Caldas das Taipas ao santuário do Sameiro, lá fomos num ritmo alegre e bem disposto, montanha acima, brincando mesmo com a chuva que nos acompanhou - promessa molhada, promessa abençoada! Após os primeiros 3 km, começa a subir acentuadamente, para depois ser um pouco mais suave, sem nunca deixar de subir, aumentando o grau de dificuldade à medida que os quilómetros avançam e se fazem sentir nas pernas. As promessas exigem sacrifício, mas estes briosos atletas não são de esmorecer e lá foram chegando cada um ao seu ritmo ao local de destino.

Chegados ao Sameiro, um manto de nevoeiro cobria o santuário tornando-o imperceptível aos olhos de cada um. Noutros tempos todos esperaram por um rei numa manhã de nevoeiro, mas esse tal, de nome Sebastião nunca fez a sua aparição. O 'nosso rei', o Afonso que até é o primeiro de Portugal, surpreendeu-nos por entre a neblina, como que agradecendo a nossa dedicação. Estamos certos que o 'regresso do rei' será coroado de êxito e que também os 'atletas do parque' terão a sua bênção por todas as terras onde correrem. No próximo domingo, estaremos em Matosinhos para correr a meia maratona, amparados pelas nossas pernas e com a graça do rei!

1 comentário:

Pedro disse...

Observem vem a posição desse senhor de camisola verde que se da pelo nome de fontão  parece que esta num rancho folclórico. Para o ano vamos lá para ser campeão.

Um Grande Abraço
Pedro