segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Mirandela: Voar nas margens do Tua!

Mirandela é uma bonita cidade do nordeste transmontano. Encravada entre serras e montes, num vale banhado pelo rio Tua, com espaços verdes muito bem cuidados, são algumas das características que lhe atribuem uma aura de romantismo e charme, que levam muitos a designa-la por cidade-jardim!

Nas épocas anteriores, o CAMIR (Clube Amador de Mirandela) em parceria com o município, organizaram a Meia-Maratona "Rota do Azeite". Este ano, como a Federação Portuguesa de Atletismo decidiu levar o Campeonato Nacional de Estrada até Mirandela, e como a distância neste tipo de competição é de 15 km, a 'meia' foi trocada por esta prova.

O meu clube, o NAT (Núcleo de Atletismo das Taipas), fez-se representar por um elevado contingente, 30 atletas para os 15 km e 19 para a caminhada. Ainda era noite quando o autocarro que nos transportou começou a rumar até Trás-os-Montes, acompanhado por uma chuva miudinha e um nevoeiro cerrado, ao longo da travessia da serra do Marão. No entanto, nem este tempo invernoso fazia esmorecer a vontade de cada um de nós dar o seu melhor, antes pelo contrário, até servia de motivação. No entanto, quando chegamos a Mirandela deixou de chover, estava frio e nublado, mas bastante agradável para correr!

Atendendo às minhas últimas prestações em provas recentes, ao tipo de treino que tenho efectuado e, essencialmente, à forma como me sinto, o objectivo para esta corrida era melhorar a minha marca na distância, registada no ano passado em Viana do Castelo, com o tempo de 55m04s. Assim, tinha planeado a corrida para um tempo máximo de 18m20s, cada 5 km, que daria uma média de 3m40s/km, mas com plena consciência que até poderia fazer um pouco melhor, pois sabia de antemão que o percurso era bastante rápido.

Apesar de ser uma prova do Campeonato Nacional, não estava tanta gente como se esperava e a organização anunciou 700 atletas. A partida foi dada em cima de uma das pontes do rio Tua, e como estava bem colocado, não tive qualquer espécie de problema na largada. Comecei num ritmo forte e estava à espera da placa que anunciava o 1º km, para averiguar o andamento - não a vi, nem podia ver, porque parece que nem existia, aliás como as seguintes, assim o ritmo foi apenas controlado pela experiência e pela companhia de atletas que vamos conhecendo de outras provas.
Finalmente, apareceu a placa dos 5 kms e o meu cronómetro marcou uns excelentes 17m40s. ou seja, estava a correr 40 segundos mais rápido que o planeado. Neste momento, resolvi refrear um pouco o ímpeto para o segundo terço da corrida e depois se estivesse com força, atacar no último terço da prova. Dos 5 kms até aos 10 kms, o percurso traz-nos de volta ao centro da cidade e o Tua é cruzado pelas duas pontes. Mesmo tirando um pouco o pé do acelerador, ainda ia ultrapassando alguns atletas, o que era deveras motivador. Dobrei os 10 kms com o tempo de 36m05s, com o segundo parcial a fixar-se nos 18m25s. Estava mais rápido 35 segundos do que o tempo necessário para bater o meu record!
Como as pernas estavam a responder muito bem, a cabeça deu ordem para avançar mais depressa - foi pensar e fazer! Surpreendentemente, a partir dos 12 km começaram a aparecer placas e eu cronometrei 7m15s em 2 km, depois surgiu a dos 13 km e o meu ritmo melhorou, 3m33s nesse km, a seguir a dos 14 km ultrapassada em 3m30s. Muito moralizado e sabendo que o record já não me iria escapar despachei o último km em 3m28s, fechando o último parcial de 5 km em 17m43s, contabilizando um espectacular tempo final de 53m48s, à média global de 3m35,2s/km!

Voei nas margens do Tua!
Foi pena que a organização de um evento desta natureza não tivesse cronometragem através do sistema de 'chip' , no entanto e embora tardiamente, as classificações recolhidas manualmente foram publicadas no site do clube organizador.
Mais vale tarde que nunca!
Assim, ficou-se a saber que terminaram a prova 379 atletas, números muito distantes dos anunciados. Atribuiram-me o tempo de 53m50s, que se saldou pelo 101º lugar da geral e em veteranos 45-50 anos feitas as respectivas contas, obtive o 5º lugar.

No próximo domingo o calendário marca Viana do Castelo - Meia-Maratona Manuela Machado. Vou tentar recuperar bem durante esta semana, para ver se as pernas continuam a galgar records!

12 comentários:

Carlos Lopes disse...

Ola Capela

Voaste e voaste muito bem. um voo com pés e cabeça, apenas um rumo, tirar algum seg. a um tempo. voaste tão bem que esta trajecto definiste um recorde pessoal.. os meus parabéns. abraços

joaquim adelino disse...

Olá amigo Capela
Agora percebi a ausência, a surpresa , ou talvez não, estava bem guardada e ainda bem que optou pela descrição, porque ás vezes planeamos as coisas e só sai desilusão. Agora sim, esta é uma grande marca e se encontrar novamente terreno acessível pode ainda melhorá-la nos tempos mais próximos. Envio-lhe os parabéns porque são merecidíssimos.
Um abraço

BritoRunner disse...

Parabéns pela excelente prova nas margens do Tua.
Votos de boa recuperação e boa sorte para Domingo.

Abraço Desportivo
JCBrito

MPaiva disse...

Amigo Capela,
Muitos parabéns por esse fantástico tempo. Pelos vistos a embalagem de records de 2008 está a ter continuidade em 2009. Por este caminho, ainda vamos ver a barreira das 2h50 ser batida na Maratona (esta foi para espicaçar)!!!
Mais uma vez lamento aquilo que aconteceu quanto ao facto de a organização ter ignorado parte dos atletas. Não é assim que se promove o atletismo.

abraço
MPaiva

Anónimo disse...

Caro Capela
muitos parabéns pelo vôo nas margens do Tua.
De lamentar a (des)organização.
Boa prova em Viana.
António Almeida

José Capela disse...

Caros amigos,

Muitos atletas expressaram a sua indignação pela não publicação do resultados gerais da prova.

Eu próprio enviei um e-mail para a organização, onde simpaticamente me responderam, pedindo desculpa pelo sucedido e que estavam a resolver o problema.

Como entretanto os resultados foram publicados no site do clube organizador, resolvi alterar a parte final do meu post, colocando um link onde os mesmos podem ser consultados.

Obrigado a todos pela solidariedade demonstrada.

Abraço

José Capela

luis mota disse...

Olá Capela!
Fantástico tempo. Parabéns!
Continuação de bons voos,
Luís Mota

Anónimo disse...

Olá Zé,

Que boa prova em terras transmontanas.

Parabéns pelo ótimo lugar (segundo!) nos blogs. Este já cá canta!

Beijo

Anónimo disse...

Viva José Capela!

Foi com todo o prazer que te conheci no final da prova em Miarandela. Ainda tentei ir contigo, mas não me encontrava bem. Talvez na Meia-maratona de Viana do castelo. Hehehe...

Tenho andado atento aos resultados que tens vindo a alcançar esta época, bem como à forma como escreves neste blogger.

Muitos parabéns!!!

Abraço,

André (Vila Real)

Jorge disse...

Grande amigo José Capela, boa noite parabéns pela prova de Mirandela, realmente este lugar é maravilhoso, mandaste muito bem hein amigo fizeste um excelente tempo.
Também parabenizo o seu blog pelo 2º lugar no run blogosfera.

Um abraço e boas passadas

JORGE CERQUEIRA

Anónimo disse...

Amigo Capela assim nao te vou aguentar em Viana mesmo assim vou tentar es uma fera um abraço e parabens
Manuel Mendes TEAM U.M VSC

Gil Freitas disse...

Olá Sr. Capela,

Esta "excursão" para a prova foi bastante agradável e fico feliz por integrar uma "familia" como a do NAT.
O tempo conseguido pelo senhor foi muito bom, e pelo que vejo continua a baixar os tempos.

Abraço,
Gil Freitas