terça-feira, 20 de maio de 2008

Correr de vento em popa!

A Póvoa de Varzim e Vila do Conde são cidades vizinhas, unidas por uma magnífica marginal junto ao mar. Da convivência salutar entre os dois municípios resulta uma corrida de atletismo denominada "Grande Prémio de Atletismo da Marginal". A primeira edição foi no ano passado e teve início em Vila do Conde, depois de ter ido á Póvoa de Varzim. Este ano inverteram-se os papeis, a partida foi dada em terras poveiras, percorrendo a marginal até à Princesa do Ave, regressando à Póvoa. Foi notório o crescimento do número de atletas relativamente ao ano anterior, talvez por isso a organização voltou a cometer erros, nomeadamente na entrega dos dorsais, distribuição de prémios e na longa espera a que os atletas mais atrasados tiveram que se sujeitar no final para receber o saco de participação. Já no ano passado disse que esta prova reúne excelentes condições naturais para a corrida. A deslumbrante vista sobre o mar, o percurso com um piso irrepreensível e totalmente plano, corrido praticamente em linha recta, tornado-o muito rápido, óptimo para registar boas marcas tão ao agrado de todos os atletas. Assim, se a organização melhorar a logística que envolve um evento desta natureza, esta será certamente uma prova de referência no calendário de atletismo.

Por estes dias a primavera vai teimando em não se fazer sentir. Quando, bem cedo, cheguei à Póvoa o céu estava carregado de nuvens cinzentas a ameaçar chuva a qualquer momento, no entanto não corria ponta de vento e a temperatura estava muito agradável. O levantamento dos dorsais foi demorado e enquanto esperava na fila uma bátega de chuva forte complicou ainda mais a sua entrega. Após este contratempo lá me equipei, mas não consegui fazer o aquecimento desejável para uma corrida de 10 km - enfim, fiz o possível, porque o speaker já chamava os atletas para se encaminharem para a partida, dado que faltavam poucos minutos para o início. Furei aqui e ali e ainda consegui uma razoável colocação na grelha de partida. A meu lado estava um habitual leitor do meu blog, cumprimentamo-nos, trocamos algumas palavras relativamente à nossa forma e concordamos fazer a corrida juntos, ajudando-nos mutuamente e apontamos um tempo a rondar os 36 minutos.

Soou o tiro da partida e eu e o meu amigo lá fomos pela Avenida do Passeio Alegre fora e à passagem junto ao Casino, onde estava a placa do 1 km, o meu cronómetro marcou 3m44s. Não era um ritmo que servisse as nossas pretensões, mas talvez a falta do adequado aquecimento e o serpentear por entre atletas para ganhar posição fosse motivo do atraso. Como não era o andamento necessário para o tempo projectado, logo aí imprimi um ritmo mais forte, o que se traduziu nos kms seguintes numa média de 3m31s/Km. No retorno dos 5 km registei um tempo de 17m48s e a manter esta cadência daria um tempo final abaixo dos 36 minutos. Nem precisei de dizer isto ao meu amigo, apenas uma troca de olhares foi suficiente para confirmar que iríamos conseguir! Continuávamos lado a lado dobrando alguns atletas que iam em perda e depois comandando um pelotão. O percurso é ligeiramente mais difícil na segunda parte da corrida e apesar de quebrarmos um pouco, o que também é natural, continuamos a rolar a uma média de 3m36s/km. No km 8 o meu companheiro puxou por mim, depois no km 9 fui eu a puxar por ele, concluí a prova com o tempo de 35m51s, com o meu amigo imediatamente a seguir. Cumprimentámo-nos e felicitámo-nos, bem merecíamos, afinal conseguimos ainda melhor tempo que planeámos, com a particularidade de ambos termos registado records pessoais na distância, tendo o meu sofrido uma melhoria de 34 segundos! Como corolário da excelente corrida que fiz, fui 9º. classificado na classe Veteranos 45-50 anos, arrecadando 10 euros de prémio!

Desta vez o vento não compareceu! Mas com o fair-play que ele me 'venceu' em outras ocasiões eu não quis deixar de o 'trazer' para a corrida. Corri de vento em popa!

Voltarei às corridas no mês de Junho. Até lá vou procurar orientar o treino para a manutenção do actual estado de forma, com o objectivo de continuar na senda dos bons resultados.
No entretanto...bons treinos!

7 comentários:

Ricardo Hoffmann disse...

José, parabéns pelo record pessoal e pela bela colocação. Congratulações!

Anónimo disse...

muito bons resultados
excelentes textos

parabéns

vitori disse...

parabéns

muito bons tempos
excelentes textos

Anónimo disse...

Olá Zé,

Que bom correr de vento em popa!
Que resultado ótimo.


Beijocas,

Nela

António Almeida disse...

Olá José Capela

parabéns pelo excelente desempenho.
Continuação de bons treinos.

manuel mendes disse...

parabens grande capela grande blog

manuel mendes TEAM U.M VSC

Anónimo disse...

Mas Capela em ovar nao vou facilitar conta comigo que a do porto esta-me na garganta kkkkkkkk
um abraço

ps ainda nao estou ao teu nivel

manuel mendes