terça-feira, 25 de setembro de 2007

Meia-Maratona Sport Zone: 'Pontes' para a maratona.

Estava uma manhã linda, o sol brilhava sobre as cidades do Porto e Vila Nova de Gaia. Uma onda laranja percorreu as margens do Douro, quando cerca de 1.000 atletas correram a meia-maratona e uma impressionante moldura humana a rondar os 11.500 participantes, a caminhar ou a correr na mini-maratona (6 km) deram um imenso colorido ao evento. Foi um excelente dia para a divulgação da modalidade e também para a solidariedade, pois por cada participante a Sport Zone ofereceu 0,50€ à Casa do Caminho, instituição portuense que acolhe crianças vítimas de maus-tratos.

Correr junto ao rio Douro, poder desfrutar da paisagem envolvente onde as pontes que unem as duas cidades sobressaem ao longo dos quilómetros percorridos, é motivo mais que suficiente para participar nas provas que ao longo do ano aí se realizam. Será também esse o palco da Maratona do Porto do próximo dia 21 de Outubro.



Dar continuidade ao caminho que tem como objectivo central a maratona - foi esse o espírito com o qual me apresentei na que foi a minha 35ª. participação em meias-maratonas. Assim, esta corrida coincidiu com o encerramento do 2º. ciclo de treino e, como referi na crónica anterior, seria um excelente teste para avaliar a condição física em que me encontro. No final da prova o meu cronómetro marcou 1h20m59s, foi um autêntico contra-relógio individual, pois corri sozinho a partir dos 3 km até à meta! As conclusões que retirei da minha prestação deixam-me optimista e com o moral elevado para obter um bom resultado na maratona.

Mas as maratonas são como os melões, só depois de os abrirmos é que sabemos se são bons - as maratonas só lá para os 35 km é que sabemos se realmente a preparação foi a melhor.

O último período de treino que agora iniciei, pressupõe que se chegue a esta etapa num estado de boa condição física. A carga de treino diminui de forma que não sejam gastas, inutilmente, as reservas que irão ser tão necessárias no dia da maratona. Neste sentido, o treino irá ser orientado para que haja uma habituação ao ritmo da prova, dando ênfase neste período à corrida contínua, ao ritmo da maratona e ao treino fraccionado. É neste contexto de preparação que no próximo dia 5 de Outubro irei correr a 19ª. Meia-Maratona cidade de Ovar.

Apesar de ser preciso uma pontinha de sorte como nos melões...Treinem sempre!

3 comentários:

António Almeida disse...

4 vezes EXCELENTE, o título, o relato da prova, a selecção de fotos, o desempenho desportivo.

Continuação de bons treinos…

Saudações desportivas

TOTO disse...

sin pela primeira véz que vaho aquiau seu blog;
gostei du seu recite da prova.
boa continuaçâo nos seus treinos para a marathona du Porto;
onde estarei present mas para a meia marathona a segunda édiçâo da marathona du Porto chiguei au final en 3h12.
mas para si vai fazer menos, ok
antoine

Jackelyne disse...

Fala Zé!!!
Você não corre nada... Você é um avião!
Me ensina ser veloz assim? rs
Parabéns por mais esta marca!!!
Sou sua fã!!!

bjs

Jacke