terça-feira, 11 de março de 2008

A corrida do Dia do Pai.

A cidade do Porto antecipou o 19 de Março e juntou mais de 15 mil pessoas, umas para correr, outras para caminhar, na Corrida do Dia do Pai que se realizou entre o Parque da Cidade e a Foz do Douro. Assim, na manhã deste domingo que acabou por ser de sol, um autêntico manto branco formado por pessoas de todas as idades estendeu-se ao longo dos cerca de 10 kms do percurso. A Runporto, que organiza impecavelmente todos os eventos de atletismo que se realizam na Invicta, tem motivos mais que suficientes para se sentir muito satisfeita, pois são cada vez mais os que aderam às suas iniciativas. Além do incentivo da corrida e de estilos de vida saudáveis, a Runporto associa também a vertente desportiva a causas sociais, o que ainda engrandece mais as manifestações desportivas que promove. Desta feita a angariação de fundos destinou-se à APPDA - Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo, que no fim da iniciativa recebeu um cheque no valor de 15.000 euros, correspondentes a 0,50 cêntimos do custo da inscrição e outros 50 oferecidos pela Sport Zone por cada participante.

Depois de ter feito a maratona há 15 dias esta corrida de convívio e sem fins competitivos surgiu em boa altura. Nesta fase de recuperação, correr descontraído e em ritmo de treino, com tempo para cumprimentar amigos e companheiros de estrada ao longo do percurso, desfrutar da magnífica vista que a marginal oferece sobre o mar, foi sem dúvida uma agradável forma de sentir um lado mais lúdico e outro prazer que a corrida pode proporcionar.

Como se comemorava o Dia do Pai, não pude deixar de recordar também o meu, que já partiu há mais de 18 anos. Lembrei-me da sua alegria e boa disposição, que mereceu muita simpatia e um extenso rol de amigos. Veio-me à memória a enorme habilidade que tinha para os instrumentos musicais, que lhe valeram muita admiração como tocador de cavaquinho e bandolim. Por momentos parece que escutei lembrar-me os valores que jamais deveria esquecer - Responsabilidade, honestidade e perseverança.

Espero um dia poder transmitir essa herança aos meus filhos...Obrigado Pai por tudo que me ensinaste!

5 comentários:

Anónimo disse...

Tenho certeza que também tu, um dia, serás um excelente Pai!!
;)

Vilasdastaipas disse...

Embora de uma maneira diferente da tua, também recordo, muitas vezes, o Pai Camilo. Com idade para ser pai de nós todos, convivia connosco e empurrava-nos como se fosse da n/ idade. A saudade é grande, dos ensaios na cozinha de fora e dos petiscos, rafados á senhora D. Marieta.
Quim Vilas

Anónimo disse...

Boa iniciativa!
Também eu correria no tempo só para ver novamente o paizinho.
Que saudades...

Beijocas,

Nela Capela

Jorge disse...

-------\\\\|/-------
------(@@)-------
-ooO--(_)--Ooo—
Olá meu amigo José parabéns por mais uma corrida em seu curriculo e com o anonimo diz acima com certeza vc será um excelente pai e os seus filhos vão se orgulhar de um pai corredor. Tenha uma boa sexta feira.
Um abraço,
J0RGE
www.jmaratona.blogspot.com

Carlos Lopes disse...

Boas Jose

Foi bom correr aqueles 2 kms contigo, mas nao tive pernas pra continuar, estava mesmo de rastos. Abraços.